O que você vê ?

 

Vivemos a era do visual em uma humanidade  digital que pode ser  entendida como um novo campo de conhecimento abrangendo todas as atividades acadêmicas na área de humanas que se envolvem em escrever sobre mídia digital e suas tecnologias. Tais atividades podem incluir o desenvolvimento de teoria de novas mídias, criação de arquivos eletrônicos interativos e literatura sobre o assunto. A construção de bases de dados on-line, produção de artes virtuais e estudar como estas varias técnicas  modificam  tecnologias de ensino e reformulam a pesquisa. Tudo levando a uma nova interação visualmente mais estética e com menos esforço cognitivo do receptor.

Um grande jornal do Rio de Janeiro nestes últimos dias de julho 2012 irá modificar o seu formato gráfico. Será dizem  mais visualmente estético, com harmonizando imagem e texto, pois este mundo cada vez mais,   complexo, dinâmico e multidimensional não convive bem com  o papel  estático e plano. Há  que representar a nova realidade da escrita como um mundo de rico visual que mascare a terreno plano e preso ao formato.

Fica cada vez mais estabelecida a existência de uma relação entre informação visual e conhecimento, que só se realiza se esta for percebida e aceita como tal, colocando o indivíduo sensível em um estágio de melhor percepção das narrativas que o cercam. Uma condição estética  no fenômeno do conhecimento operando sensibilidades para  perceber os registros da informação. Tudo em uma perspectiva  visual  que adiciona a emoção ao sentimento da momentaneidade do Eu que avalia o mundo.

Para quem conviveu com o texto escrito e testemunhal por toda uma vida esta modificação na estrutura da codificação da mensagem representa um grande esforço de adaptação ou uma negação da ideia, uma alucinação. Esta relação documental estabelece o poder de um novo discurso descrevendo o quotidiano,  como uma vilania para nossa antiga convivência com as narrativas que se contavam com em um folhetim.

A visualização liga a percepção da informação aos dois mais poderosos sistemas de processamento: a mente humana e do computador. Um processo, que transforma os dados e informação em uma configuração visual  que explora o ponto forte da rápida conexão visual. A importância da visualização da informação vai muito além do interesse acadêmico, pois e um recurso potencial para resolver problemas do mundo real.

O modo da informação atual não quer discutir se a maquina é superior ao cérebro, mas estudar se a interface visual da escrita digital pode alterar as condições de qualidade da subjetividade.

AAB

Observação:

Visualização da informação nada tem a ver com arquitetura da informação

 

Visualização da informação como uma nova mídia

http://www.slideshare.net/ebreilly/visualization-as-a-new-media-literacy

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: