O Milagre da Memória *


Chegarei assim diante dos campos, dos vastos palácios da memória, onde estão os tesouros de inúmeras imagens trazidas por percepções de toda espécie. Lá também estão armazenados todos os nossos pensamentos, quer aumentando, quer diminuindo, ou até alterando de algum modo o que nossos sentidos apanharam, e tudo o que aí depositamos, se ainda não foi
sepultado ou absorvido no esquecimento.”

Quando ali penetro, convoco todas as lembranças que quero. Algumas se apresentam de imediato, outras só após uma busca mais demorada, como se devessem ser extraídas de receptáculos mais recônditos. Outras irrompem em turbilhão e, quando se procura outra coisa, se interpõem como a dizer: “Não seremos nós que procuras?” Eu as afasto com a mão do espírito da
frente da memória, até que se esclareça o que quero, surgindo do esconderijo para a vista.

Ali se conservam também, distintas em espécies, as sensações que aí penetraram cada qual por sua porta: a luz, as cores, as formas dos corpos, pelos olhos; toda espécie de sons, pelos ouvidos; todos os odores, pelas narinas; todos os sabores, pela boca; enfim, pelo tato de todo o corpo, o duro e o brando, o quente e o frio, o suave e o áspero, o pesado e o leve, quer extrínseco, como intrínseco ao corpo.

A memória armazena tudo isso em seus vastos recessos,em suas secretas e inefáveis sinuosidades, para lembra-lo e trazê-lo à luz conforme a necessidade. Todas essas imagens entram na memória por suas respectivas portas, sendo ali armazenadas.

Tudo isto realizo interiormente, no imenso palácio da memória. Ali eu tenho às minhas ordens o céu, a terra, o mar, com tudo o que neles pude perceber, com exceção do que já me esqueci.

Ali encontro a mim mesmo, recordo de mim e de minhas ações, de seu tempo e lugar, e dos sentimentos que me dominavam ao praticá-las. Ali estão todas as lembranças do que aprendi, quer pelo testemunho alheio, quer pela experiência.

Deste mesmo manancial provém as analogias entre fatos de minhas experiências pessoais, ou em que acreditei baseado nas experiências previas; ligo umas e outras ao passado, e medito no futuro, nas ações, nos acontecimentos, nas esperanças, e tudo como se estivesse presente.

*O milagre da memória é o capitulo VIII do Livro X das Confissões de Santo Agosinho que traz profundas meditações sobre o tempo e a linguagem reconhecidas e citadas por Heiddeger e Wittgeistein. As Confissões foram escritas entre os anos 397-398.

2 comentários em “O Milagre da Memória *

  1. É com muito prazer que o Blog Biblioo convida para participar de Blogoteca Biblioo, um espaço para agregar blogs e sites de biblioteconomia, de ciência da informação, entre outros.

    COMO FUNCIONA
    A Blogoteca é um espaço do Blog Biblioo para agregar blogs e sites por ordem alfabética. Será feita uma troca de banners, você envia um banner do seu blog/site para a Blogoteca Biblioo, e o Biblioo encaminha uma página exclusiva de banners (com códigos prontos) para você escolher e colocar em seu blog/site, ou simplesmente adicionar um link-texto.

    COMO PARTICIPAR
    Envie um e-mail para blogbiblioo@gmail.com, com assunto “Parceria”, anexando um banner do seu blog/site (tamanho 480×118, em formado PNG ou JPG) e uma breve descrição (até 140 caracteres), não esquecendo (claro) do link do seu blog/site. Feito isso, aguarde por uma resposta de confirmação; este e-mail de confirmação irá conter opções de banners do Blog Biblioo para você colocar em seu blog/site (ou se preferir, pode colocar apenas um link-texto).

    MAIS INFORMAÇÕES
    Acesse http://www.biblioo.blogspot.com/p/blogoteca.html ou entre em contato: blogbiblioo@gmail.com

    Atenciosamente,

    Hanna Gledyz – Blog Biblioo
    @biblioo | http://www.biblioo.blogspot.com
    blogbiblioo@gmail.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: