Como construir seu Programa de Pós Graduação

Segundo a concepção das agências de fomento um curso de pós-graduação se organiza levando em consideração instâncias de ordens diferentes e hierarquizadas: área acadêmica, campo de concentração, linhas de pesquisa, programas e projeto de investigação e produção bibliográfica. Os três primeiros termos indicam linhas de demarcação; os dois últimos, formas de dinamização.

Assim é que a área designa o território total em cuja investigação o programa pretende operar. Ciência da Informação, Filosofia, Comunicação. O campo de concentração é uma subdivisão da área, um corte introduzido artificialmente por motivos e condições existentes para a estratégia exploratória. O campo de concentração pode ser “estrutura e fluxo da informação, Organização do conhecimento, Comunicação e da Cultura ou Tecnologias da Imagem.

Existirá uma linha de pesquisa cada vez que, dentro de um campo de concentração certos temas aglutinadores deem forma a cooperação entre pesquisadores existente naquele grupo específico. Estes então se reúnem para, trabalhando em conjunto em torno desses temas, aprofundarem a linha e desenvolverem a concentração do programa.

Dentro deste raciocínio um projeto é uma investigação específica, tem inicio e fim no tempo e objetivos delimitados e se localiza harmoniosamente dentro de uma das linhas de pesquisa do programa.

Cada linha de pesquisa do programa é uma explanação do campo de concentração; Assim para uma concentração em “Estrutura e Fluxo da Informação” pode se esperar uma divisão em linhas relacionadas a “estrutura de informação e seus formatos” ou “os fluxos de informação entre geradores e receptores da informação”, por exemplo. Mas as linhas de pesquisa de uma concentração estão limitadas ao número de professores com competência acadêmica para aquela área especifica.

Um programa de pós-graduação com mais de 3 linhas de pesquisa há que contar com uma considerável massa crítica de professores doutores especialistas no tema das linhas de pesquisa e isto tem que ter visibilidade nos projetos de pesquisa e na bibliografia escrita pelos professores da linha condizente dos professores vinculados.

As disciplinas, como um regime hierárquico aos cursos, tem que explicitar o conteúdo das linhas de pesquisa. A disciplina é razoavelmente estática na linha, mas os cursos a ela vinculados podem ter a mobilidade que o contexto e o desenvolvimento da concentração exigirem com o passar do tempo.

Um regimento que explique tudo isso, junto com a ementa de detalhada de cada ação hierarquizante fará a constituição do Programa que pode ser de doutorado, mestrado, mestrado institucional ou todos eles funcionado na mesma estrutura harmoniosamente.

Aldo de A. Barreto

Fonte: baseado em texto “NOTA SOBRE A ORGANIZAÇÃO DE UM CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NOS MOLDES DE UM PROGRAMA DE PESQUISA” do prof. Mareio Tavares d’Amara da UFRJ

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: