Ser público não é estar disponível: o efeito Beaubourg

Para a população em geral de nada adianta um computador sem um propósito para seu uso. Ou uma condição de acesso que permita conhecer os dados, saber do que se trata e como posso usá-los para melhorar sua condição de existência nos lugares que ocupa na sociedade.

Há meses li em um jornal local a reclamação de um professor de uma escola pública no interior do nosso país: “eu precisava tanto de uma caixa de ferramentas e me mandaram um computador”. A utilização do computador é facilitada por um letramento educacional, digital e de renda. Uma conexão psicológica adequada é essencial para que transforme os dados e o canal de disseminação em informação útil. Não faz muito tempo grandes e suntuosos prédios de bibliotecas públicas era um impeditivo para a entrada de pessoas, principalmente as mais desprovidas.

Quando da inauguração do “palácio”, O Centro Nacional de Arte e Cultura Georges Pompidou em Paris, França os resultados de uma pesquisa detectaram uma espécie estranhamento entre o povo e o Centro si: o Centro de Cultura foi visto por muitos visitantes como um labirinto, onde as pessoas se sentiam pouco à vontade de acordo com seu habitus de convivência. Principalmente aqueles menos privilegiados. As pessoas que não podiam contar com uma autoconfiança ou condições cognitivas adequadas para lidar com as referências enigmáticas colocadas no espaço experimentavam uma sensação de desconforto, de perda, e ocasionalmente se sentiam ameaçadas ou mesmo enganadas. Isto foi chamado de “l’effet Beaubourg”. O efeito Beaubourg, bairro de localização do Centro mostra que o tratamento espetacular de áreas da cidade por projetos culturais é uma total contradição com o conteúdo instrutivo e formativo que justificam aqueles espaços como sendo para todo o povo.

É o que acontece com o Governo eletrônico. Os dados do governo devem ser colocados online com informações sobre o governo e o país mas a real finalidade deveria ser uma melhor convivência entre os governados e os serviços do governo. Todos estes serviços só têm valor se os dados do governo na web estiverem linkados entre si e com o povo. Nunca contra o povo que deveriam beneficiar.

Uma regra muito importante deve ser considera quando dados do governo são colocados na web: eles não são para ameaçar ou perturbar os sistemas e principalmente as pessoas que deveriam se usufruir destes dados. Verifique sua memória você deve ter um caso em que o eGov deve ter atrapalhado e perturbado muito sua vida.

Depois veja o sistema de dados do governo inglês; dados centralizados e interligados, um sistema feito por Sir Tim Berners-Lee com a preocupação primeira de prestar contas e servir aos governados de todos os níveis de letramento. HM Government – Working with UK Public Sector for information and data – http://data.gov.uk/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: